28 de janeiro de 2018

Salame de chocolate




Um salame de chocolate não tem nada que saber. No entanto, continua a ser um doce muito apreciado nas festas infantis e não só. Deve ter sido das primeiras coisas que fiz na cozinha, sozinha. Pela simplicidade e pelo facto de não ir ao forno. Os meus filhos dizem que o meu é melhor que os outros e não vale a pena desmenti-los! A maior parte das pessoas usa margarina e eu uso manteiga, tal como aprendi com a minha mãe. Talvez seja essa a diferença. Este da foto mascarou-se de garrafa de Coca-Cola, mas por dentro é a receita de sempre:

100 g manteiga mole
100 g de açúcar
100 g chocolate em pó
1 ovo
1 pacote de bolacha Maria (200 g) partida em pedacinhos

Misturar tudo, com exceção da bolacha. Juntar a bolacha partida em pedaços pequenos e moldar um cilindro com ajuda de papel vegetal. Quando se conseguir a coesão certa de todos os ingredientes, transferir o salame para uma folha de papel de alumínio, na qual se embrulha e vai ao frigorífico para ganhar consistência, até à hora de fatiar.

A brincadeira da garrafa foi feita pincelando meia garrafa de Coca-Cola com chocolate derretido e, depois de frio, colocando o salame na meia garrafa. Foi ao frigorífico até ganhar consistência. 





1 comentário:

  1. Faço algumas vezes para festas, ainda pelo natal fiz. E tal como tu também uso manteiga (e dos meus Açores claro está!). Na verdade acho que a manteiga faz toda a diferença na maioria das receitas! Ficou giro nosso formato! Beijinhos

    ResponderEliminar