15 de novembro de 2017

One-pan pasta



Para os adeptos da simplicidade, uma receita da Martha Stewart que vi no 24Kitchen. Para quem quiser acompanhar a confeção, fica aqui o vídeo.

1 pacote de linguini
12 tomates cereja cortados ao meio
1 cebola cortada em fatias finas
4 dentes de alho finamente cortados
1/2 c. chá de flocos de pimenta vermelha
2 raminhos de manjericão, mais folhas para enfeitar
2 c. sopa de azeite, mais um pouco para servir
Sal grosso e pimenta moída
4 1/2 chávenas de água a ferver
Queijo parmesão ralado, para servir



Num tacho largo e baixo ou numa frigideira larga e reta colocar a massa, sem cortar, e  por cima todos os outros ingredientes, com exceção do queijo.
Ferver a mistura, mexendo a massa frequentemente, até que a massa esteja al dente e a água tenha quase evaporado, cerca de 9 minutos.
Retificar os temperos e servir regado com um fio de azeite e queijo parmesão recentemente ralado.



Bolo mármore


Mãe, queremos bolo mármore! É um pedido constante cá em casa. Fica aqui uma receita para uma forma de bolo inglês.

3 ovos
150 g açúcar
150 g manteiga à temperatura ambiente
150 g farinha
1 c. café de fermento
2 c. sopa de cacau em pó
3 c. sopa de leite

Untar com manteiga e polvilhar com farinha uma forma de bolo-inglês. Ligar o forno a 180 ºC.
Com ajuda de uma batedeira, bater a manteiga, o açúcar e os ovos. Juntar a farinha e o fermento e envolver. Deitar metade da massa obtida na forma.
Misturar o leite com o cacau e juntar à massa restante. 
Incorporar até obter uma cor homogénea. 
Deitar esta massa por cima da outra e com o cabo de uma colher desenhar espirais de forma que as duas massas se envolvam criando o aspecto marmoreado.
Levar ao forno até que saia o palito enxuto. 
Depois de frio, desenformar, e se conseguirem que o bolo dure mais que um lanche, deve guardar-se dentro de uma caixa hermética.

29 de março de 2017

Tarte de requeijão



Comecei a fazer esta tarte chamando-lhe tarte do liquidificador, porque eu colocava tudo num liquidificador e batia alguns segundos. Depois da Bimby, passou a chamar-se Tarte de requeijão e começou a ser feita em 2 passos. Já percebi que há imensas receitas desta tarte, com mais-coisa-menos-coisa, mas o resultado não deve ser muito diferente.

1 requeijão
200 g açúcar
3 ovos
170 g farinha
1 c. chá de fermento em pó
raspa de ½ limão

Bater os ovos, o açúcar, o requeijão e a raspa de limão: 1 min / Vel 3.
Juntar a farinha e o fermento: 15 seg/ Vel 3.

Cozer em forno pré-aquecido a 180 ºC, em forma untada e polvilhada, até o palito sair enxuto.



Pão doce



Este pão doce que se pode comer morno ou frio, mal teve tempo de arrefecer após sair do forno. Delicioso, simples ou com manteiga. A receita foi tirada da Revista Bimby nº71, de outubro de 2016.

180 g água
25 g fermento de padeiro fresco
(ou 2 c. chá de fermento de padeiro seco)
200 g leite condensado
25 g manteiga mais q.b. para untar
3 gemas
450 g farinha (tipo 65)
1 c. chá de sal
Manteiga e farinha q.b. para untar e polvilhar a forma, respetivamente.
Açúcar q.b. para polvilhar

Colocar no copo a água e o fermento: 1 min/37 ºC/Vel 1.
Juntar o leite, a manteiga e 2 gemas: 10 seg/vel 5.
Juntar a farinha e o sal: 3 min 30 seg/Vel espiga.
Deixar levedar a massa no copo, em local morno durante 1h e 30 min (ou até dobrar de volume).
Voltar a amassar: 1 min/Vel espiga.
Com a massa fazer 7 bolas que se dispõem lado a lado numa forma de buraco untada e polvilhada.
Deixar levedar na forma em local morno durante 20 min (ou até dobrar de volume).
Pincelar com uma gema de ovo e polvilhar com açúcar.
Cozer em forno aquecido a 200 ºC durante aprox. 25 minutos.



11 de março de 2017

Joaninha voa, voa...

Porque os olhos também comem e quase tudo o que é pequenino tem graça.



Tomates cherry
Queijo mozarela fresco
Azeitonas pretas sem caroço
Oregãos
Sal
Azeite

Faz-se um golpe em cada metade de tomate que se coloca por cima de uma pequena fatia de queijo. Regar com azeite e polvilhar com sal e oregãos.

Preparar apenas antes de servir.