9 de abril de 2016

Chouquettes




Estes bolinhos são muito populares em França. E eu andava com a ideia de fazer esta receita há muito tempo mas faltava-me o açúcar perlado. Uma amiga, que sabia disto, trouxe-me uma caixinha de Itália e eles aqui estão. Fui buscar a receita para a Bimby à internet. Podem ver o vídeo aqui. Deu para 40 que desapareceram mal arrefeceram.

150 g água
80 g manteiga
uma pitada de sal
10 g açúcar
120 g farinha
4 ovos
1 gema  para pincelar
Açúcar perlado

Colocar no copo a água, a manteiga e o sal e o açúcar. Programar 5 Min/100 º/Vel 1.
Juntar a farinha e programar 1Min30Seg/Vel 3.
Tirar o copo da máquina para arrefecer, destapando-o.
Colocar o copo, novamente, e programar 1Min30 Seg/Vel 3 para através do bucal adicionar os ovos um a um.
Colocar a massa obtida num saco de pasteleiro ou saco plástico que permita fazer bolinhas diretamente para um tabuleiro forrado com papel vegetal.
Pincelar com gema de ovo desfeita com um pouco de água e polvilhar com açúcar perlado.
Vai ao forno aquecido a 200 ºC, cerca de 15-20 min.


29 de fevereiro de 2016

Crocodile snack




As minhas amigas acusam-me de não partilhar algumas coisas que faço nas festas dos miúdos. A razão é simples: não as fotografamos decentemente. Este crocodilo é uma maneira simpática de comer queijo e fiambre. Além destes, precisamos de um pepino, palitos e uma faca de lâmina curta e pontiaguda.

Embrulhos de pescada e presunto gratinados com esparregado de ervilha



Pouco depois de receber esta receita da minha agente Bimby, tive que a experimentar. Obrigada! O resultado é delicioso. É tirada do livro Bimby 150 Receitas – As Melhores de 2015. É daqueles casos em que o acompanhamento fez tanto sucesso como o prato principal.




1 de fevereiro de 2016

Bolo de cerveja, canela e noz-moscada




Visualmente, faz lembrar o bolo mármore. A receita é da Clara de Sousa. Muito saboroso e muito fácil de fazer.

4 ovos
½ chávena de água – 120 mL
½ chávena de cerveja – 120 mL
¾ chávena de óleo – 180 mL
1 ½ chávena de açúcar – 120 mL
2 ½ chávena de farinha de trigo – 340 g
1 c. sopa de fermento em pó – 340 g

1 c. sopa de canela em pó
½ c. chá de noz-moscada
2 c. sopa de açúcar

Com a vara de arames ou com ajuda de uma batedeira, bater os ovos com o açúcar e os líquidos. Juntar a farinha e o fermento e envolver bem.
À parte, misturar a canela com o açúcar e a noz-moscada.
Numa forma untada e enfarinhada, colocar um terço da massa. Polvilhar com metade da mistura de canela e cobrir com metade da massa restante. Polvilhar com resto da mistura e colocar por cima o resto da massa.
Com um palito de espetada ou similar, fazer movimentos na massa para se obter o efeito marmoreado.
Vai ao forno aquecido a 180 ºC, 45 a 50 minutos. 





24 de janeiro de 2016

Pao de ló e Feliz Ano Novo



Ainda a tempo de desejar Feliz Ano Novo (mais vale tarde que nunca!), deixo aqui uma receita de família (da Ana Catarina) que é uma verdadeira delícia. Deixo a receita para forma de mola, que foi a que usei para o bolo da foto. Mas deixo também a original para fazer em forma grande. A preparação é muito fácil mas depois de o colocar no forno não se pode perder de vista.

5/6 ovos
4 gemas
300 g açúcar
125 g farinha
Fermento em pó (caso a farinha não o tenha)
Raspa de limão

Bater todos os ingredientes com a batedeira elétrica durante 10 minutos. Não experimentei com a Bimby mas penso que com a ajuda da borboleta e sem colocar o copinho na tampa se obterá efeito semelhante.
Levar ao forno aquecido a 150 ºC cerca de 30 minutos. Depois, baixar pouco a pouco a temperatura do forno para cozer a crosta sem queimar o bolo. Verificar com um palito quando está cozido.

Quantidades para a receita original:
8 ovos
6 gemas
450 g açúcar
185 g farinha
Fermento em pó (caso a farinha não o tenha)
Raspa de limão




23 de dezembro de 2015

Cuscuz de tapioca e Feliz Natal



Se há coisa que me ofereço no Natal é um pouco de tempo, nomeadamente, para estar com a família próxima e a mais distante e para escrever umas coisas, entre outras, receitas. E, claro, para por receitas em prática. Felizmente, temos família e amigos um pouco por todo o mundo e tem sido também com eles que aprendemos a cozinhar e a gostar de outros sabores. Este cuscuz de tapioca, ou cuscuz branco, é muito popular no Brasil e em nossa casa comemo-lo ao pequeno-almoço, fresquinho. Para os mais gulosos rega-se com leite condensado. Nós costumamos acompanhar também com fruta. Deixo aqui a versão que aprendemos com uma amiga do Rio de origem baiana.

Feliz Natal para todos, com muita partilha e alegria!

250 g tapioca granulada (uso Yoko Tapioca granulada tipo 1)
1 L leite magro
200 g leite coco
Sal q.b.
12 c sopa de açúcar
Coco ralado q.b.

Leite condensado (opcional)

Colocar numa panela a tapioca com ½ litro leite e uma pitada sal. Deixar repousar 30 min.
Juntar o resto do leite, o açúcar, o leite de coco e levar ao lume. Mexer para não colar ao fundo.
Quando estiver cozida e tiver goma, deitar num pyrex e cobrir com o coco ralado.
Deixar arrefecer e levar ao frigorífico.
Pode servir-se com leite condensado.




28 de julho de 2015

Sushi de banana e Nutella


Depois de ter mostrado este vídeo à família, não consegui impedir uma invasão destes rolinhos doces.

banana
Nutella
Rice Krispies

Envolve-se uma banana em Nutella e faz-se rolar nos cereais. Cortar a banana às fatias e servir logo.
Um pouco de película aderente facilita a confecção.