19 de Abril de 2014

Pão-de-ló enfeitado



Este pão-de-ló é muito versátil: ora recheado de morangos e chantilly, ora (com metade da receita) enrolado em torta de chocolate ou torta de doce de alperce, ora recheado de creme inglês.
A Páscoa quer-se doce e florida e o pão-de-ló enfeitou-se na nossa mesa. Para todos, votos de Santa e Feliz Páscoa.

bolo
6 ovos
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de farinha com fermento
½ chávena de água
1 colher (chá) de fermento em pó

sumo de 2 laranjas
pérolas de açúcar

creme inglês
0,5 L leite
15 g maizena
2 ovos
1 colher (sopa) de essência de baunilha
50 g açúcar

bolo
Bater, muito bem, as gemas com o açúcar e a água. Juntar a farinha e o fermento e misturar bem. Incorporar, por fim, as claras em castelo. Vai ao forno (aquecido a 180 ºC) a cozer em forma bem untada e polvilhada, até que o palito saia enxuto. Desenformar depois de frio. Dividir o bolo em três partes para rechear com o creme inglês.

creme inglês
Misturar bem todos os ingredientes e levar ao lume até engrossar (na Bimby: 6 Min/90º/Vel 4).
Deixar arrefecer.

montagem do bolo

Regar a parte inferior do bolo com 1/3 do sumo, cobrir com 1/3 do creme e colocar por cima a rodela do meio. Regar com metade do sumo e cobrir com metade do creme. Colocar por cima a última camada de bolo, regar com o sumo restante e cobrir todo o bolo com o creme que sobra. Enfeitar com pérolas de açúcar.



Paté de salmão e pistáchio























Aqui vai a receita que, por força das circunstâncias, foi chamada de "maravilha de salmão". E é mesmo: maravilhosamente simples e boa. Obrigada, F&B, por terem trazido o paté. Não passou nem uma semana para que o repetisse!

70 g de salmão fumado
70 g pistáchios descascados
240 g de queijo creme (tipo Philadelphia)

Numa picadora, picar os pistáchios e o salmão (na Bimby: 10 Seg/Vel 5). Deitar numa taça e misturar bem com o queijo.

Servir com tostas ou pão torrado.





5 de Abril de 2014

Arroz de carne picada


Ora aqui está um pratinho que ainda tem lugar nesta primavera chuvosa e fria. Os mais novos são grandes apreciadores e é conhecido como “arroz picado”. Da origem da receita já não há memória, mas cá em casa é uma alternativa ao Esparguete à Bolonhesa. Faço este prato, geralmente, na versão tacho-familiar. Experimentei fazer na Bimby com quantidades reduzidas e correu bem e, por essa razão, aqui deixo as indicações.

30 g azeite
1 dente de alho
1 cebola
orégãos
150 g polpa de tomate
300 g carne picada
1 L água
Sal e pimenta q.b.
200 g arroz agulha
Queijo mozzarella ralado para polvilhar

Picar e refogar a cebola, o alho e o azeite: 5 Seg/Vel 5 seguido de 5 Min/Varoma/Vel 1.
Juntar a carne e cozinhar: 5 Min/Varoma/Colher Inversa.
Juntar o tomate, os orégãos e os temperos. Cozinhar 5 Min/100º/Colher Inversa. Fazendo na Bimby, retirar o conteúdo do copo para o cesto tendo o cuidado de preservar o molho que eventualmente exista.
Cozer o arroz com o preparado de carne: no copo, colocar a água, e um pouco de sal; No cesto colocar o arroz, a carne e o molho que se formou, envolvendo com ajuda da espátula. Programar 20 Min/100º/Vel 4. No final da cozedura, o líquido que fica no copo pode adicionar-se ao arroz.

Servir com queijo mozzarella que se rala na altura de servir.



18 de Fevereiro de 2014

Lombo assado com molho simples



Desconheço a origem desta receita mas é a receita de lombo que mais se faz cá em casa. A sua simplicidade é imbatível. O resultado é invariavelmente bom.

1 lombo ou lombinhos (porco ou vitela)
Mostarda q.b.
1 pacote de natas (poderão ser 2 se o lombo for grande)
2 cebolas 
Sal q.b.

Num pyrex ou assadeira colocar as cebolas às rodelas. Barrar o(s) lombo(s) com uma fina camada de mostarda. Colocar o lombo por cima da cebola e regar com as natas.

Levar a forno quente (180–200 ºC) e virar o lombo quando tiver crosta. O tempo de cozedura vai depender do tamanho do lombo. Quando estiver assado, retirar para uma tábua e cortar às fatias. Recuperar todo o molho que ficou na assadeira e triturá-lo. Provar o molho e temperar com o sal necessário. Dispor o lombo na assadeira e regar com o molho. No caso de ser lombo de porco, se o interior não estiver completamente assado, levar o lombo às fatias com o molho ao forno para completar a cozedura.


17 de Fevereiro de 2014

Bolo de coco



Mais um bolinho de coco, porque o que é bom nunca é demais! A receita é da Ana S e tem sido o bolo requisitado quando temos uma festa no trabalho.


4 ovos
1 ½ chávena de açúcar
2 chávenas de farinha
1 c. chá de fermento
½ chávena de óleo
125 g de coco ralado
1 chávena de água quente

½ L leite quente açucarado a gosto
Coco ralado para polvilhar

Bater os ovos com o açúcar e juntar, batendo bem, a farinha e o fermento, o óleo, o coco e a água.
Untar e polvilhar uma forma de fundo solto sem buraco. Cozer o bolo a 180 ºC até que o palita saia enxuto.

Ainda quente, regar o bolo com o leite quente. Deixar arrefecer dentro da forma e servir polvilhado com coco ralado.



8 de Fevereiro de 2014

Bagels


Esta receita de Bagels foi-nos enviada pela querida Ju. Foram feitos para o lanche. Daquelas receitas que eu começo, os miúdos dão a sua contribuição e alguém há-de tirar do forno. E como estava tudo ansioso, não houve tempo para que ganhassem muita cor. Mesmo pálidos desapareceram os 12 num instante. Os mais feiinhos foram os que ainda se conseguiram fotografar!

280 g leite ou água (ou uma mistura dos dois)
15 g levedura seca ou 30g fermento de padeiro
25 g açúcar
25 g manteiga
480 g farinha para pão
1 colher de chá de sal

Deitar o leite (ou água), a levedura, a manteiga e o açúcar na Bimby e misturar 3 Min/37º/Vel1.
Adicionar a farinha e o sal. Amassar durante 2 Min no modo espiga.
Retirar a massa para uma taça, cobrir com película aderente e deixar repousar 30 minutos.
Dividir a massa em 12 porções iguais. Enrolar em forma de bagel, fazendo um rolo comprido e juntando as pontas.
Tapar com um pano húmido e deixar repousar durante cerca de 15-20 minutos.
Ligar o forno a 220°C.
Pôr ao lume uma panela larga com água a ferver.
Colocar os bagels gentilmente na água e cozer 1-2 minutos de cada lado.
Escorrer e pôr num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal e salpicado com farinha.
Podem-se nesta altura adicionar sementes de sésamo ou papoila conforme o gosto.

Levar ao forno 15-20 minutos (220°C), até estarem dourados.



7 de Fevereiro de 2014

Cuscus com atum


Uma salada, se assim podemos chamar, muito nutritiva e saborosa. Para quando o tempo não chega para mais ou mesmo quando apetece preguiçar.

250 g cuscus
250 mL água fervente
1 lata grande de atum (350 g)
Cebolinho picado
1 dLazeite (ou mais um pouco a gosto)
Sumo de um limão pequeno
1 colher de chá de mel
3 tomates pequenos cortados aos cubos
Sal e pimenta
Orégãos

Colocar o cuscus numa taça, deitar-lhe a água a ferver por cima e tapar com um prato. Deixar repousar 5 minutos. Com um garfo soltar o cuscus e deixar arrefecer.
Misturar o cuscus com o atum (escorrer previamente o óleo), o tomate e o cebolinho.

Misturar muito bem o azeite, o sumo de limão, o mel, os orégãos, o sal e a pimenta. Deitar esta mistura aos restantes ingredientes e envolver tudo muito bem.